segunda-feira, 27 de março de 2017

Minhas impressões - Falando o mais rápido que posso - Lauren Graham


Quem já assistiu Gilmore Girls concorda que Lorerai Gilmore é tudo, menos comum. Lauren Graham, a interprete de Lorelai também tem suas peculiaridades. Nesse livro ela conta um pouco da infância e adolescência, como ela se achou a mais sortuda por estar um ano a frente das crianças da sua idade na escola e como percebeu, anos depois, que isso não fez a menor diferença, no final das contas. Lauren fala sobre quando foi convidada para Gilmore Girls, e todos os sentimentos envolvidos nesse início.
Ela diz que adorou o que leu sobre Lorelai, mas que ficou com receio de interpretar a mãe de uma adolescente. Ela e Alexis Bledel, a Rory, se conheceram pouco antes de começarem a atuar na série, mas a simpatia mútua foi instantânea. Lauren discorre sobre as temporadas da série, que ela confessou não ter acompanhado na época, mas que assistiu para relembrar os momentos e poder comenta-los no livro. Para quem já assistiu a todas as temporadas, é ótimo reviver alguns desses momentos pelos olhos da própria Lorelai, mas eu ainda estou assistindo a segunda temporada, e levei alguns spoilers de brinde (e não achei nem um pouco ruim, porque duvido que vou lembrar de alguma dessas coisas quando for assistir).
Antes de falar sobre Gilmore Girls, Lauren nos conta sobre o curso de atuação de que participou, e tem muitas passagens divertidas nessa parte de sua história. Após seus comentários sobre cada uma das temporadas de Gilmore Girls, ela nos fala dos encontros e desencontros de sua vida amorosa, e sobre outros trabalhos e testes de que participou. Lauren fala de como foi escrever seu primeiro livro, Quem sabe um dia, lançado no Brasil também pela Editora Record. Ela também fala de sua participação na série Parenthood.
Para finalizar, ela nos conta sobre o dia a dia das gravações de Gilmore Girls - um ano para recordar, como foi a decisão de voltar, o reencontro com os colegas de elenco, e a falta de Ed Herrmann entre eles, ator que interpretava Richard Gilmore, pai de Lorelai, e que faleceu cerca de um ano antes de cogitarem o retorno da série.

Confesso que só me interessei em assistir Gilmore Girls quando foi anunciada a estréia de Gilmore Girls - um ano para recordar, e houve um alvoroço na internet, e todos só falavam disso. Ainda estou na segunda temporada, e estou gostando muito. Ler esse livro só confirmou que vale a pena assistir a série toda, e também a Gilmore Girls - um ano para recordar.



Nome: Falando o mais rápido que posso
Autora: Lauren Graham
Editora: Record
Sinopse:
A estrela Lauren Graham dá um presente aos fãs. Em Falando o mais rápido que posso, a intérprete da eloquente e amada Lorelai Gilmore faz uma retrospectiva da sua vida e compartilha histórias engraçadíssimas sobre amadurecimento, o início de sua carreira de atriz e, anos depois, como é sentar em seu trailer no set de Parenthood e se perguntar “Será que eu, hmmm, cheguei lá?”.
Ela também fala abertamente sobre os desafios e as cobranças de ser uma mulher solteira em Hollywood e conta histórias divertidíssimas, como, por exemplo, a vez em que pediram a ela que fizesse um teste para um papel com a própria bunda. Finalmente, Laura encara uma épica maratona de Gilmore Girls e relembra como foi gravar cada ano da série original e o que significou para ela voltar a interpretar, nove anos depois, uma de suas personagens preferidas.
Além de trazer fotos e trechos do diário que Lauren manteve durante as gravações do rebootGilmore Girls: um ano para recordar, este livro é como uma noite agradável em casa batendo papo com sua melhor amiga, rindo, contando muitas histórias e é claro falando o mais rápido que você puder.
Imagem e sinopse: http://www.record.com.br/livro_sinopse.asp?id_livro=29544

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...