segunda-feira, 19 de junho de 2017

Minhas impressões - Boneco de pano - Daniel Cole

***** Livro enviado pela Editora Arqueiro, durante a parceria com o blog *****


Em maio de 2010, acontece o último dia do julgamento de Naguib Khalid, acusado de matar 27 pessoas em 27 dias. O responsável pela detenção de Khalid é o detetive Willian Oliver Layton-Fawkes, conhecido como Wolf. Quando Khalid é considerado inocente da acusação, Wolf tem um rompante de fúria e parte para cima do acusado, pois tem tanta convicção de que ele é culpado que prefere tentar mata-lo do que deixa-lo em liberdade para continuar matando. Ele é detido antes que cumpra sua intenção, e acaba sendo afastado da polícia e internado por um tempo para tratamento psicológico. Pouco tempo depois, Khalid é preso logo após cometer outro assassinato.


Quatro anos depois, em junho de 2014, Wolf recebe um telefonema do seu chefe no meio da madrugada, solicitando sua presença na cena de um crime, do outro lado da rua onde fica seu apartamento. Chegando ao local, ele encontra a antiga colega de trabalho, detetive Emily Baxter. Intrigado por ter sido chamado, uma vez que ainda está retornando aos poucos ao trabalho, ele logo descobre o porquê. Ao chegar à vítima, Wolf percebe que são seis partes de corpos diferentes, costurados como um boneco de pano, pendurado por fios a um gancho no teto, e bizarramente com o braço direito apontando diretamente pela janela para o apartamento dele. Pior ainda, a cabeça costurada nesse conjunto é de ninguém menos que Naguib Khalid.
Como se tudo isso não fosse esquisito o suficiente, sua ex-mulher, Andrea, que é repórter e está cobrindo o caso, entrega a ele um envelope que recebeu anonimamente, que contém fotos dos corpos mutilados que originaram o boneco, bem como uma lista com as próximas seis pessoas a morrer, incluindo a data da morte. A primeira da lista é o prefeito da cidade, que deverá morrer naquele mesmo dia. Inicia-se aí uma corrida para tentar salvar as pessoas citadas na lista, identificar de quem são as outras partes que formam o boneco, descobrir quem é esse assassino criativo, porque Wolf está na lista e qual é o elemento de ligação entre todas as vítimas.

Difícil conseguir largar esse livro. Que história! Confesso que fiquei surpresa com o final, que foi inesperado, porém muito interessante. Recomendo para leitores de Harlan Coben.



Nome: Boneco de pano
Autor: Daniel Cole
Editora: Arqueiro
Sinopse:
VOCÊ ESTÁ NA LISTA DE UM ASSASSINO. E ELA DIZ QUANDO VOCÊ VAI MORRER.
O polêmico detetive William Fawkes, conhecido como Wolf, acaba de voltar à ativa depois de meses em tratamento psicológico por conta de uma tentativa de agressão. Ansioso por um caso importante, ele acredita que está diante da grande chance de sua carreira quando Emily Baxter, sua amiga e ex-parceira de trabalho, pede a sua ajuda na investigação de um assassinato. O cadáver é composto por partes do corpo de seis pessoas, costuradas de forma a imitar um boneco de pano.
Enquanto Wolf tenta identificar as vítimas, sua ex-mulher, a repórter Andrea Hall, recebe de uma fonte anônima fotografias da cena do crime, além de uma lista com o nome de seis pessoas – e as datas em que o assassino pretende matar cada uma delas para montar o próximo boneco. O último nome na lista é o de Wolf.
Agora, para salvar a vida do amigo, Emily precisa lutar contra o tempo para descobrir o que conecta as vítimas antes que o criminoso ataque novamente. Ao mesmo tempo, a sentença de morte com data marcada desperta as memórias mais sombrias de Wolf, e o detetive teme que os assassinatos tenham mais a ver com ele – e com seu passado – do que qualquer um possa imaginar.
Com protagonistas imperfeitos, carismáticos e únicos, aliados a um ritmo veloz e uma deliciosa pitada de humor negro, Boneco de pano é o que há de mais promissor na literatura policial contemporânea.
Sinopse e imagem: http://www.editoraarqueiro.com.br/livros/bonecodepano/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...